Warning: A non-numeric value encountered in /home/scajdeuropa/www/wp-content/themes/cozy/framework/modules/title/title-functions.php on line 468

Closet dos sonhos: dicas e inspirações

O corredor de entrada para a suíte de casal foi transformado em closet pelo escritório Cipriano Paffi Arquitetura. Portas espelhadas, que ajudam os moradores na hora de se vestir, é um dos inúmeros recursos disponíveis na SCA Jardim Europa | Fotos: Luis Gomes

Ter um closet moderno, bonito, funcional e organizado é um desejo de muitos homens e mulheres, afinal, além de guardar roupas e acessórios, ele pode auxiliar na otimização de tempo e facilitar o dia a dia.

Mas como escolher o modelo que se encaixe perfeitamente no dormitório ou espaço que deseja inseri-lo? Para Karina Alonso, arquiteta e gerente de vendas da SCA Jardim Europa, não adianta ter o closet mais sofisticado sem o planejamento dos compartimentos. Por esse motivo, vale muito a pena investir em armários planejados, desenhando as soluções especialmente para o que será armazenado.

O primeiro passo é encontrar um profissional especializado que tire todas as medidas do espaço e pense na melhor alternativa de acordo com o ambiente, a rotina e as necessidades do cliente”, explica Karina.

Para que não haja erros, a SCA Jardim Europa, listou o que é fundamental estudar antes de definir o closet. A etapa inicial, que faz toda a diferença ao criar o projeto, envolve o levantamento de todas as peças que precisam ser acomodadas, desde joias e roupas íntimas até casacos. É essencial pensar nas formas de guardá-las e visualizá-las. Isso significa que se o morador é um empresário, que usa muitos ternos e camisas em dias de semana, a disposição entre cabideiros será distinta se comparado a um profissional de educação física. Este último requer o uso de roupas de ginástica e que não amassam, ou seja, o maior número de gavetas ou prateleiras será mais adequado e facilitará seu estilo de vida. Para isso, acompanhe opções para os principais compartilhamentos.

Portas de correr otimizam o espaço deste dormitório projetado pela designer de interiores Daiane Antinolfi com mobiliário da SCA Jardim Europa| Foto: Henry Lopes

Maleiros

Por ser acessado com menor frequência, o maleiro geralmente é criado na parte mais alta de armários e closets. Trata-se de uma área importante para guardar malas e bolsas, exigindo uma altura mínima de 30 cm. O compartimento também pode ser usado para acomodar caixas que não são manuseadas com frequência, além de roupas de cama ou outros acessórios dos moradores.

Sapateiras

Apesar da pandemia ter mudado os hábitos de onde alocamos os nossos sapatos, elas são importantes nos closets. Pensando na praticidade de encontrar cada modelo, as prateleiras deslizantes, com altura de 12 a 18 cm são indicadas para acomodar sandálias, tênis baixos e rasteirinhas. Já sapatos de salto alto e botas, precisam de compartilhamentos maiores, entre 18 e 24 cm de altura. “Indicamos que botas de cano alto fiquem protegidas em caixas que podem ser inseridas no maleiro, por exemplo, para maior conservação dos produtos”, sugere a arquiteta Karina Alonso.

Neste projeto da arquiteta Pati Cillo, o armário fica integrado ao quarto, que por sua vez se une à área social do apartamento. Mobiliário com portas de correr da SCA Jardim Europa| Foto: Luis Gomes

Nichos e Prateleiras

São as melhores opções para acomodar itens como camisetas, malhas, peças de linho ou até mesmo bolsas, mochilas ou caixas de acessórios. Para isso, as medidas mínimas de espaço para que as roupas estejam organizadas são de 30 x 30 cm. Quer facilitar a organização? Separe tudo por tipo e cor: camisetas de manga longa, malhas de inverno, regatas e assim por diante.

Cabideiros

Fundamental em closets, esse item ganha ainda mais importância em closets femininos por abrigarem também os vestidos e casacos longos. Para essas vestimentas, é bacana optar por um cabideiro longo com uma altura em torno de 1,20 a 1,60 m. Para um cabideiro tradicional, usado também em closets masculinos, o ideal é guardar blazers, camisas e casacos. A altura média varia entre 90 cm e 115 cm.

Proposto pela Traço68 Arquitetura+Design com mobiliário da SCA Jardim Europa, este closet feminino conta com gavetas para joias com acabamento de camurça, acessório para descer o cabide com roupas no alto, maleiro e nichos. Os nichos acomodam, inclusive, travesseiros | Foto: Mariana Orsi

Gavetas

Ideais para guardar peças íntimas, roupas de academia, pijamas ou camisetas, as gavetas são muito úteis no dia a dia. Para roupas íntimas, Karina Alonso indica uma profundidade mínima de 12 a 15 cm. Para roupas de ginástica, pijamas ou outros itens, o ideal é que altura tenha, no mínimo, 20 cm.

Quem prefere acomodar casacos ou roupas de malha fora de nichos, os gavetões profundos, com altura de 20 a 40 cm, são os mais apropriados, principalmente, para roupas de inverno”, indica Karina. Para as joias, vale investir nas gavetas com visores, escolhas excelentes para orientar e organizar itens como bijuterias. Elas podem ser especificadas com altura de 9 a 12 cm.

Divisória de joias com acabamento em camurça otimiza o espaço da gaveta neste projeto realizado pela arquiteta Patricia Cardoso de Mello com armários planejados da SCA Jardim Europa | Foto: Luis Gomes

Segundo Karina Alonso, os compartilhamentos auxiliam na distribuição, mas a arrumação diária depende de quem manuseia o closet diariamente. “É importante destacar que a setorização das coisas inspira uma organização maior, mas mantê-lo em ordem depende totalmente do cliente”, finaliza a profissional.

Nenhum comentário
Publicar um comentário